Sala de Justiça

Um blog d'O Pensador Selvagem | in moto perpetuo, produzindo inconscientes

De figurinhas, meiões e convicções

| 1 Comment

Estoy a oír: Sá, Rodrix & Guarabyra - Jesus numa Moto

Engraçado que a figurinha mais cobiçada do álbum da Copa do Mundo é a de um jogador que só deve embarcar para Joanesburgo se comprar um pacote turístico.

Ronaldinho Gaúcho vive o mesmo curioso papel que Romário desempenhou às vésperas do Mundial de 2002: é quase unanimidade nacional, mas entre os que não fazem questão de sua presença no escrete canarinho está o técnico da Seleção. E pior que nessa eu concordo com o Dunga.

Calma, eu não entrei para o fã-clube do estressado técnico de uma hora para outra. A provável lista final do capitão do tetra tem vários nomes que não me agradam (Kléberson e Adriano, que mal conseguem jogar no Flamengo? Doni, que saiu de Corinthians e Santos com fama de frangueiro?) e deixa vários bons jogadores de fora (principalmente o Neymar, claro)…mas o Ronaldinho em particular não me faz falta.

Para começar, vamos e venhamos: eu não consigo nem lembrar da última boa atuação do Gaúcho pela Seleção. E não pensem que no Milan ele está tão melhor quanto alguns comentaristas tentam nos convencer.

(Aliás, quem está bem no Milan? A má fase do clube rossonero chegou ao ponto de prejudicar também Alexandre Pato, há muito nome certo fora da lista de 11 de maio.)

Mas é o segundo ponto que realmente importa – e nele também incluo Roberto Carlos, cujas boas atuações no Corinthians motivaram uma espécie de campanha a favor de sua convocação. Só que não foi exatamente por causa do Roberto Carlos e sua falta de comprometimento, sintetizada na fatídica ajeitada do meião, que começou o movimento pela renovação da Seleção? E o primeiro passo dessa renovação não foi a exclusão de medalhões como – vejam como o universo conspira – Ronaldinho Gaúcho?

Num universo de opiniões que mudam a cada quarta e domingo, Dunga se mantém fiel às convicções. Alguns dirão que isso ainda vai lhe custar o hexa, mas isso não vai mudar a cabeça do treinador.

PS: ainda sobre Seleção, o Daniel Alves precisa ser titular desse time – e na meia direita, posição onde eu novo ânimo ao time.

Be Sociable, Share!

One Comment

  1. Cara, eu concordo também com a não convocação do Ronaldinho Gaúcho. De uns anos para cá, ele só sabe jogar bem nos comerciais de refrigerantes e chicletes.

    E outro fato é não ter chamado o Neymar. O moleque é novo, precisa amadurecer mais ainda.

    Mad Max responde: disse tudo sobre o Feiúcho, Wagner. Mas não se poderia levar o Neymar “pra já aprender como é Copa do Mundo”, como foi feito com Ronaldo e Kaká?

Leave a Reply

Required fields are marked *.